Cursos EAD URI

O que um biomédico faz? Conheça as áreas de atuação

Por EAD URI   | 

 Tag: Cursos EAD URI

Com a pandemia do novo Coronavírus, uma profissão ganhou destaque no país: a biomedicina.

Os biomédicos são responsáveis por pesquisar e identificar micro-organismos que acometem os seres humanos e, assim, propor diagnósticos e tratamentos.

Uma biomédica brasileira ganhou destaque na imprensa e na comunidade científica, em fevereiro do ano passado.

Jaqueline Goes de Jesus, biomédica e pesquisadora, fez parte da equipe brasileira que sequenciou o genoma do Coronavírus após 48 horas da confirmação do primeiro caso da Covid-19 no país.

Esse episódio mostrou para a sociedade a importância da ciência e da pesquisa no Brasil.

Mas, afinal, onde um biomédico pode atuar? Confira neste artigo o que um biomédico faz e em quais áreas da saúde ele pode fazer parte.

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

Qual a responsabilidade do biomédico?

A biomedicina atua na área da pesquisa, identificação e classificação micro-organismos que causam patologias nos humanos. A área colabora significativamente em todos os campos da saúde, através de pesquisas, manipulação de informações e, em determinados casos, até mesmo o apoio técnico operando equipamentos.

Diferentemente do médico, o biomédico não realiza cirurgias e não prescreve tratamentos. Sua atuação não está ligada no contato direto com o paciente, mas sim em colaborar com técnicas e ferramentas para ajudar no diagnóstico desse paciente.

Além do diploma de bacharel em Biomedicina, o profissional precisa estar devidamente registrado no Conselho Regional de Biomedicina (CRBM) da região onde atua.

Em casos específicos, precisa fazer cursos complementares.

Em quais áreas o biomédico pode atuar?

O mercado de trabalho para o biomédico é bastante amplo. De acordo com a regulamentação do Conselho Federal de Biomedicina, existem 35 habilitações possíveis para o profissional.

Requisitado em diversas áreas da saúde, o biomédico pode atuar em hospitais, institutos de pesquisa, laboratórios e em outras instituições.

Confira alguma dessas habilitações:

Acupuntura

A acupuntura é uma técnica milenar ligada à medicina chinesa. A prática consiste em aplicar pequenas agulhas em pontos específicos do corpo para regular o fluxo energético.

Isso porque a medicina tradicional chinesa considera que, no corpo humano, circulam energias vitais através de pontos de controle.

As doenças surgem quando esses pontos são “quebrados” e o fluxo de energia é interrompido.

A acupuntura seria uma ferramenta para reequilibrar esse fluxo, com a inserção de agulhas em pontos específicos da pele.

O biomédico seria responsável, assim, por aplicar essa técnica.

Análise Ambiental

O biomédico atua em análises físico-químicas e microbiológicas para o saneamento do meio ambiente.

O profissional também pode assumir responsabilidade técnica pelo tratamento de água e de efluentes, participar de perícias e consultorias, emitir e assinar relatórios e laudos técnicos.

Análises Bromatológicas

A bromatologia é a ciência dos alimentos.

Nessa função, o biomédico é responsável por verificar, detalhadamente, a composição de alimentos, como o valor nutricional, a composição química, o valor energético e quais os efeitos no organismo.

Também é responsável por averiguar se determinado alimento foi contaminado com substâncias tóxicas ou, ainda, se contêm aditivos que interferem na qualidade do produto e tornam ele impróprio para consumo.

Auditoria

O auditor biomédico pode atuar na avaliação de sistemas de saúde, acompanhando a situação de hospitais, clínicas públicas e particulares e de planos de saúde em geral.

Além disso, orienta às unidades de saúde e esclarecer eventuais dúvidas.

Banco de Sangue

Realizam uma série de exames no sangue e investigam os elementos celulares e várias proteínas, incluindo a hemoglobina e fatores de coagulação.

Todavia, a responsabilidade técnica da área é exclusiva de médico especialista em hemoterapia ou hematologia.

Biomedicina Molecular

Analisa os materiais a partir da sua composição molecular. Um exemplo de atuação é na área de perícia, onde o profissional atua na identificação das amostras de DNA encontradas em cenas de crime.

Biomedicina Estética

O biomédico esteticista atua em processos de beleza, estética e saúde.

Importante ressaltar que esses processos não são de cunho cirúrgico. Na maioria das vezes, são processos que visam o rejuvenescimento cutâneo e de outras alterações na pele, como estrias e celulites.

São alguns processos realizados belo biomédico esteticista:

  • aplicação de toxina botulínica tipo A;
  • mesoterapia/intradermoterapia;
  • preenchimentos semi-permanentes;
  • peelings químicos;
  • carboxiterapia;
  • laser fracionado;
  • luz intensa pulsada;
  • técnicas para minimizar celulites, estrias, flacidez ou gorduras localizadas;
  • radiofrequência.

Bioquímica

Estuda processos químicos que ocorrem nos organismos vivos para auxiliar no desenvolvimento de pesquisas relacionadas à biotecnologia, sobretudo, no fomento aos biocombustíveis.

Farmacologia

Analisa como os fármacos se comportam no organismo humano e como eles se relacionam com outros fármacos.

O fármaco ou princípio ativo é a principal substância na formulação de um medicamento, responsável pelo efeito terapêutico.

Fisiologia do Esporte

Estuda o funcionamento e o mecanismo do corpo humano. Pode atuar diretamente com o cliente ou como parte da comissão técnica de equipes e na indústria.

O biomédico que trabalha em fisiologia do esporte, normalmente, faz parte de uma equipe multidisciplinar.

Os estudos obtidos pelos biomédicos (que envolvem pesquisas de como o organismo se adapta ao exercício físico) são repassados para profissionais da educação física, nutricionistas, fisioterapeutas e médicos.

Em conjunto, a equipe monta estratégias para melhorar o treino de pessoas que praticam esportes ou, ainda, ajudar na reabilitação de um atleta que sofreu com determinada lesão.

Genética

O biomédico geneticista faz a análise de fragmentos do DNA.

Ele pode emitir e assinar laudos, participar de pesquisas em genética e participar de testes de identificação de paternidade e de perícia criminal.

Histotecnologia Clínica

O profissional da área está apto para trabalhar com a análise de amostras histológicas (fragmento de tecido humano produto de biópsia).

Ainda, também podem auxiliar em processos de necropsia e análises forenses, sob supervisão de profissional médico devidamente habilitado.

Imagenologia

Realizam exames de imagem utilizando diferentes técnicas, como:

  • tomografia computadorizada;
  • ressonância magnética;
  • medicina nuclear;
  • radioterapia;
  • ultrassonografia;
  • radiologia médica.

Porém, os profissionais não estão autorizados a assinar laudos de interpretação dos resultados dessas técnicas.

A incumbência é operar os equipamentos, auxiliando no diagnóstico médico e, ainda, desenvolver estudos para aprimorar esses exames.

Imunologia

Os imunologistas analisam o sistema imunológico do organismo e discutem estratégias para prevenir doenças que acometem esse sistema.

Uma dessas técnicas são, por exemplo, as vacinas, amplamente discutidas no contexto atual, devido à pandemia do novo Coronavírus.

Informática de Saúde

Toda a área da saúde precisa de dados para tomar decisões. Um diagnóstico é feito somente após a análise de diversos exames, por exemplo. E é por isso que a área de Informática de Saúde é fundamental e necessária.

Os biomédicos especializados atuam no armazenamento, recuperação e uso da informação para a resolução de problemas e tomada de decisão.

Um exemplo de tecnologia operada é o prontuário eletrônico, onde todas as informações do paciente, como visitas e exames, são armazenadas para posterior consulta.

Microbiologia

Pesquisa, identificação e classificação de micro-organismos (bactérias, vírus, fungos e parasitas) para o diagnóstico clínico e o desenvolvimento de pesquisas.

Há, ainda, a especialização em microbiologia de alimentos, onde o biomédico atua em restaurantes, cozinhas industriais e na indústria alimentícia, coletando amostras para atestar a qualidade dos alimentos e, porventura, identificar problemas nesses alimentos.

Monitoramento Neurofisiológico Transoperatório

Sob a supervisão de um médico responsável, um biomédico pode operar equipamentos que monitoram estruturas neurais durante cirurgias, como eletroencefalografia e eletromiografia.

Parasitologia

Parasitologia é a ciência que estuda os parasitas, os seus hospedeiros e as relações entre eles.

Os parasitas são organismos que vivem em associação com outros, retirando deles o meio para sua sobrevivência. O processo de parasitismo, normalmente, prejudica o organismo que é hospedeiro.

Os biomédicos são responsáveis por realizar exames laboratoriais e emitir laudos a respeito da área e, ainda, atuar em programas de educação em saúde e saneamento básico.

Como exemplo, temos as campanhas em combate a Malária, que é uma infecção parasitária que afeta os glóbulos vermelhos do sangue.

Patologia Clínica (Análises Clínicas)

É uma das principais atividades dentro da biomedicina. O profissional é responsável por analisar exames de laboratório de fluidos biológicos do corpo humano, como o sangue.

Ainda, é capacitado para assumir chefias técnicas, assessorias e direção dessas atividades.

Perfusão Extracorpórea

Os biomédicos também podem operar equipamentos de circulação extracorpórea em cirurgias cardíacas, onde o coração é desviado para um aparelho que substitui o órgão durante o processo.

O perfusionista (como é chamado o profissional que trabalha com circulação extracorpórea), realiza o procedimento e monitora as condições do coração durante o processo.

O biomédico para atuar nesta área deve possuir título de especialista em Circulação Extracorpórea emitido pela Sociedade Brasileira de Circulação Extracorpórea.

Embriologia e Reprodução Humana

O Biomédico Embriologista cuida dos processos laboratoriais de fertilização e reprodução humana assistida, como o congelamento de embriões, sêmen e óvulos.

Sanitarista

O Biomédico Sanitarista organiza sistemas e serviços de saúde, zelando pelo bem estar social e controlando a incidência de doenças nas populações com ações de vigilância e intervenções governamentais.

Toxicologia

Analisa os efeitos de substâncias que possam ser tóxicas para o organismo, como cosméticos, medicamentos e venenos. Também podem analisar os efeitos de substâncias químicas no meio ambiente, no ar, na água e no solo.

Qual a média salarial de um biomédico?

Conforme dados do site Educa Mais Brasil, a base salarial de um biomédico no Brasil está associada com estes parâmetros:

  • Júnior > R$ 1.600 - R$ 2.600
  • Pleno > R$ 1.900 - R$ 3.300
  • Sênior > R$ 2.400 - R$ 4.100

o-que-um-biomedico-estuda

O que um biomédico estuda?

A média de duração do curso de biomedicina é de quatro anos. A matriz curricular prevê disciplinas que englobam anatomia, biologia, química e imunologia.

Além da teoria, o curso prevê muitas atividades práticas, realizadas em laboratórios.

Confira quinze áreas que você vai ver durante a graduação em Biomedicina.

Conclusão

A biomedicina é uma área fundamental para a sociedade e o campo de atuação é vasto, podendo trabalhar em análises clínicas, com genética, imunologia e reprodução humana e, ainda, com acupuntura e estética.

Mas é preciso que o estudante escolha boas instituições de ensino, capacitadas com estruturas para as aulas práticas, indispensáveis na formação de um biomédico.

No EAD URI, oferecemos o curso de Biomedicina na modalidade flexível. Sendo assim, os estudantes acessam a parte teórica no Ambiente Virtual e realizam as aulas práticas nos laboratórios da Universidade.

Assim, ele conta com as facilidades do ensino a distância e com os recursos presenciais para aprimorar a formação.

Ficou interessado? Então conheça um pouco mais sobre o curso de Biomedicina do EAD URI!

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.