ENEM

Eixos temáticos: como usá-los para se preparar para a redação do Enem

Por EAD URI   | 

 Tag: ENEM

Sabia que uma maneira mais efetiva de se preparar para a redação do Enem é focando nos eixos temáticos e não nos temas em si? 

Os eixos temáticos são grandes guarda-chuvas de assuntos que podem aparecer em forma de recorte na redação do Enem. 

E optar por estudar os eixos temáticos, e não os temas de redação, é uma forma de abranger mais conteúdo e criar mais argumentos sobre temáticas diversas. 

Para deixar esse assunto mais claro para você, neste artigo vamos conversar sobre o que são os eixos temáticos, como usá-los na redação e exemplos. 

Você vai conferir:

O que são eixos temáticos?
Por que usar os eixos temáticos para se preparar para a redação
Eixos temáticos que podem te ajudar na redação do Enem 2022
Conclusão

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

O que são eixos temáticos? 

De acordo com o significado da expressão, um eixo temático é um conjunto de temas que orienta o planejamento de um trabalho. 

Ou seja, significa agrupar conteúdos parecidos dentro de um assunto geral para que não haja digressão, para que não se fuja de uma temática no trabalho em questão. 

Quando aplicado à redação do Enem, podemos pensar nos eixos temáticos como grandes guarda-chuvas que abarcam pequenos recortes. 

Por exemplo, no Enem 2019, o tema da redação foi “Democratização do acesso ao cinema no Brasil”. Esse tema é um recorte de um assunto maior, o eixo temático da cultura. 

Em 2020, o tema da redação estava inserido no eixo temático da saúde (“O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira”) e em 2021 estava associado aos direitos e à cidadania (“Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil”). 

Ou seja, os eixos temáticos são um conjunto de temas que abarcam recortes, pequenas discussões temáticas, dentro deles e servem para orientar os argumentos utilizados na redação. 

Por que usar os eixos temáticos para se preparar para a redação 

Existem dois grandes motivos para você escolher se preparar para a redação utilizando os eixos temáticos: o estudo se torna mais simples e o uso dos eixos ajuda você a nunca fugir do tema. 

Quanto ao primeiro motivo, se preparar para a redação utilizando os eixos temáticos dá a você uma espécie de guia, de suporte, na hora do estudo. 

Como não existe maneira de saber o tema da redação do Enem de antemão, praticar de acordo com determinados temas pode afastar você de assuntos mais gerais. 

O ideal, nesse caso, seria que a prática da redação ficasse em lugares mais amplos. Ou seja, em vez de estudar temas específicos, você começa a colher informações sobre eixos. 

Por exemplo, quando estiver planejando seus estudos para a redação, leia notícias, veja filmes e leia livros que estejam dentro de um dos eixos temáticos mais comuns. 

Quem tinha um arcabouço de informações mais amplos sobre a temática do direito e cidadania, para exemplificar, provavelmente se saiu melhor na edição de 2021 do Enem. 

A dica, então, é você reunir conteúdos presentes em eixos temáticos e se aprofundar neles antes de começar a treinar recortes dentro do assunto. 

Quanto ao segundo motivo, se preparar usando os eixos ajuda a não fugir no tema quando você estiver planejando sua redação. 

A fuga do tema é um dos motivos que podem zerar sua redação, então este é um erro que você não quer cometer e que pode ser abrandado com os eixos temáticos. 

Isso porque sabendo quais argumentos se encaixam dentro da temática, fica mais fácil para você expor sua opinião sem digressão.

Eixos temáticos: por que usá-los para se preparar para a redação do Enem

Eixos temáticos que podem te ajudar na redação do Enem 2022 

Sabendo, então, que os eixos podem ajudar a estudar para a redação e se manter no tema na hora de escrever, vamos entender como utilizar os principais eixos temáticos no Enem 2022: 

  • Educação: este é um eixo temático bastante importante e que já apareceu algumas vezes como tema na redação. Os recortes que podem aparecer são a valorização dos professores, modernização das estruturas disciplinares, bullying, importância da educação empreendedora e crise na educação pública brasileira.
  • Saúde: embora pouco presente na redação e nas questões, este é um eixo que pode começar a aparecer mais, especialmente depois da pandemia de Covid-19. Podemos esperar que alguns recortes como a crise na saúde pública e as barreiras enfrentadas pelo sistema de saúde em um país de dimensões continentais chegue à redação do Enem.
  • Segurança: também pouco presente na redação até a edição atual, pode ser que essa temática apareça na forma de recortes que discutam a política antidrogas e a crise no sistema carcerário brasileiro.
  • Economia e Desenvolvimento: cada vez mais discussões sobre desenvolvimento e economia estão se tornando mais presentes, especialmente por conta da popularização do empreendedorismo. Podemos esperar como recortes o envelhecimento da população e como isso pode afetar a economia no futuro, importância de políticas públicas e as novas leis trabalhistas.
  • Meio Ambiente e Sustentabilidade: esta é uma temática constante nas questões do Enem e que já apareceu na redação das edições de 2001 e 2008. Faz alguns anos, então, que este eixo não aparece na redação e, como é um assunto bastante abordado socialmente, pode ser que volte dentro de algumas edições do Enem. Por isso, alguns recortes a ficar de olho são a importância da preservação para o ecossistema, economia autossustentável e o descarte sustentável.
  • Comunicação e Linguagens: a mídia, as novas tecnologias e como nos comportamos diante dela é um assunto que aparece com constância na redação. Tivemos temas deste eixo nos anos de 2004, 2011, 2014 e 2018, por exemplo. Diante disso, podemos esperar como recortes questões como o uso das mídias na política, preconceito linguístico, analfabetismo funcional e interpretação de texto.
  • Direito e Cidadania: eixo temático do recorte utilizado em 2021, esta temática é a mais presente no Enem. Desde sua criação, apareceu cerca de 9 vezes. Podemos esperar que os recortes futuros deem destaque a questões como direitos das crianças e idosos e garantias das minorias étnico-raciais, LGBTQIA+, pessoas com deficiência e mulheres. 

Conclusão 

Esperamos que, ao chegar ao final deste conteúdo, os eixos temáticos tenham ficado mais claros para você e que você tenha visto a vantagem de utilizá-los como método de estudo. 

Aproveitamos este espaço para acrescentar que o maior ganho desta abordagem é o repertório cultural, algo que deixa sua redação mais rica e mais bem elaborada. 

Então, quando estiver se aprofundando em cada eixo, não deixe de se informar. 

Leia também:

Sua nota do Enem vale uma bolsa de até 100%!