<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=2736481836612313&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Já pensou em trabalhar no agronegócio? Que tal conhecer mais sobre o curso de Agronegócio e alavancar sua carreira?

O agronegócio é um dos pilares da nossa economia.

Desde a escola, aprendemos que o agronegócio é muito forte. Afinal, é um setor de atividades essenciais como plantio de alimentos, criação de aves e de bovinos.

Essa força reflete na oferta de empregos: são cerca de 17 milhões de brasileiros empregados pelo agronegócio, e a tendência é aumentar.

Então, se você está naquele momento difícil de decidir qual profissão seguir, continue a leitura para saber mais sobre o curso de Agronegócio e as possibilidades de carreira.

profissional de jaleco e boné analisa plantas numa estufa.

O que se aprende no curso de Agronegócio?

Dependendo da instituição de ensino, o curso de Agronegócio pode receber outros nomes: Agronegócio, Tecnologia em Agronegócio ou Gestão de Agronegócios.

A grade curricular também pode variar de acordo com a Instituição de Ensino. Mas, em geral, as disciplinas são da área de Administração e Gestão voltadas ao universo da produção, distribuição e comercialização da produção agropecuária no país.

De acordo com o Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia, do MEC, no curso de Agronegócio o estudante aprende:

  • Planejar, projetar e executar empreendimentos de Agronegócio;
  • Projetar mercados estratégicos para o Agronegócio;
  • Analisar indicadores de mercado;
  • Medir o desempenho da produção no Agronegócio;
  • Analisar e controlar custos de produção do Agronegócio;
  • Planejar e executar a implantação de arranjos produtivos locais;
  • Gerenciar empresas e propriedades do setor rural;
  • Avaliar e emitir pareceres técnicos em sua área de formação.

Curso técnico ou tecnólogo em agronegócio?

Embora pareçam iguais, essas duas modalidades têm algumas diferenças.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), curso técnico é uma modalidade de nível médio. Para se matricular, é obrigatório ter concluído o ensino fundamental e o diploma é emitido para aqueles que finalizaram o ensino médio.

O profissional formado no curso técnico em Agronegócio é capacitado para administrar e coordenar fazendas com a máxima produtividade.

Ele entende as técnicas agrícolas e atua durante toda a safra, desde o cálculo e planejamento da terra, até os preparativos para a colheita. Depois, continua seu trabalho coordenando o armazenamento e a venda do que foi produzido, sempre de olho nos preços para atingir a máxima rentabilidade possível.

Assim, o profissional formado no curso técnico em agronegócio pode trabalhar em indústrias que processam produtos agrícolas (carne, frutas, leite, etc.), fazendas e até mesmo no Governo.

O curso tecnólogo, por sua vez, é uma graduação universitária de nível superior mais curta, com apenas 3 anos de duração - uma boa diferença em relação aos outros cursos superiores.

Mesmo assim, igual aos bacharelados e as licenciaturas, os cursos tecnólogos precisam ser reconhecidos pelo MEC, e os requisitos para ingressar são os mesmos dos demais cursos superiores. É preciso participar do processo seletivo, colação de grau, diploma e tudo mais.

A principal característica do tecnólogo em agronegócio é a ênfase nas demandas do mercado de trabalho.

As aulas são focadas mais em questões práticas do que teóricas para que o aluno desenvolva habilidades úteis na rotina de sua futura profissão, se capacitando para solucionar problemas reais e ocupar cargos específicos - e as empresas valorizam isso.

Em resumo, o curso tecnólogo em agronegócio é uma graduação e segue a mesma linha dos outros cursos de nível superior, com a diferença de ser mais curto, mais prático e mais focado na tecnologia (aplicação) dos conhecimentos.

Principais vantagens do tecnólogo

  • Permite cursar pós-graduação após a conclusão do curso;
  • Pode se inscrever para concursos públicos de nível superior;
  • É bem mais rápido que outros cursos superiores;
  • É possível estudar a distância do conforto da sua casa;
  • A grade curricular é enxuta e voltada à prática, sem muita teoria.

Então, o que escolher: curso técnico ou tecnólogo em agronegócio?

A verdade é que essas duas modalidades não brigam entre si. Você pode muito bem fazer um curso técnico e depois um tecnólogo, já que o primeiro é de nível médio e o segundo de nível superior.

Se você já está pronto para avançar na educação superior, o tecnólogo é a melhor opção.

O que o formado no curso de Agronegócio faz?

O curso de Agronegócio capacita profissionais para gerenciar negócios e projetos buscando otimizar o potencial econômico da agricultura, agroindústria e pecuária.

O tecnólogo em agronegócio pode atuar em toda a cadeia produtiva, tanto dentro quanto fora das propriedades rurais, como em comércio, distribuição e armazenamento de produtos e insumos.

Profissional confere tabela dentro de um galpão. Ao fundo, encontra-se uma fileira de porcos.

Quais as áreas de atuação no agronegócio?

O formado no curso de Agronegócio pode atuar na gestão de fazendas, safras, rebanhos e plantações. Os subsetores mais aquecidos são de produção de soja, milho e grãos em geral, proteína e também o de implementos agrícolas.

A função desse profissional é analisar rentabilidade e gastos buscando aumentar a produtividade desses segmentos para atender o mercado.

Também existe a possibilidade de trabalhar no setor público ou no privado, em empresas agroindustriais, em empresas de produção agrícola, de varejo de alimentos ou, até, em organizações rurais.

Além disso, o desenvolvimento de novas tecnologias está aquecendo o setor e aumentando a demanda por profissionais atualizados e comprometidos com a otimização da produção agrícola e pecuária.

Uma série de novidades trazidas pela nova geração de fazendeiros dão sustentabilidade a esse movimento, como agricultura de precisão, melhoria de performance genética e alimentação natural do gado. Vale a pena ficar por dentro.

Agronegócio ou agronomia: qual a diferença?

Apesar dos nomes parecidos, cada área oferece uma formação específica para diferentes atuações.

O agronegócio é o conjunto de negócios relacionados à agricultura e pecuária dentro do ponto de vista econômico e costuma ser dividido em três partes:
  1. Dentro da porteira”: negócios agropecuários, representando produtores rurais de pequeno, médio ou grande porte, tanto pessoas físicas quanto jurídicas;

  2. Pré-porteira”: indústria e comércio fornecedores de insumos para a produção rural, como fabricantes de fertilizantes, equipamentos, e outros;

  3. Pós-porteira”: compra, transporte e venda dos produtos agropecuários para o consumidor final (supermercados, frigoríficos, indústrias têxteis e calçadistas, distribuidores de alimentos, etc).

Já a agronomia é a ciência que estuda clima, planta e solo e suas interações com o objetivo de aumentar a eficiência em produção e produtividade com o menor custo possível, sempre de acordo com as leis naturais e de preservação ambiental.

É a área que cuida do trato, da prevenção de doenças e da alimentação do rebanho.

Assim, alguns dos principais campos para atuar em agronomia são defesa sanitária, economia e administração agroindustrial, engenharia rural, indústria e comercialização de alimentos, produção agroindustrial, manejo de solos e Zootecnia.

Quanto ganha o profissional do agronegócio?

O agronegócio é uma área ampla com diversas possibilidades de atuação. Por isso, fatores como nível de formação, experiência, cargo e local de trabalho influenciam muito no salário.

De acordo com o Canal Rural, a média salarial para o formado em agronegócio varia entre R$ 3 mil e R$ 4 mil.

Entretanto, profissionais que conseguem se destacar na área chegam a receber mais de R$ 10 mil mensais.

Nos segmentos mais aquecidos do mercado, especialmente os voltados à tecnologia, o profissional do agronegócio tem salários de R$ 14 mil até R$ 30 mil por mês. Tentador, não?

Sendo assim, invista em sua formação, adquira experiência e se mantenha atualizado para ser bem pago! Mas não se esqueça: dinheiro não é tudo. Sua profissão precisa te dar satisfação e orgulho.

Por que fazer curso de Agronegócio?

Por ser um setor básico para sustentação da vida, o agronegócio quase não é impactado pelas crises. Isso faz do curso de agronegócio a opção ideal para quem busca oportunidade em um setor fundamental para o desenvolvimento do país.

Segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o agronegócio foi a única área que ofereceu novos empregos durante a crise em 2017.

Além disso, uma pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostrou que enquanto o PIB geral do Brasil passou a diminuir, o PIB do agronegócio continuou crescendo.

Stephano Dedini, gerente executivo da Michael Page, diz que mesmo em tempos incertos por conta do novo coronavírus, “teremos um crescimento ainda maior nas contratações”.

Ou seja, o mercado de trabalho está de braços abertos para quem faz o curso de Agronegócio.

O curso de Agronegócio oferece uma formação completa em planejamento e gestão nos setores agrícola, pecuário e agroindustrial. A formação trata sobre as dinâmicas das cadeias produtivas, além de sua relação com a sociedade, economia e meio ambiente.

Assim, o formado não sai apenas com o diploma em mãos, mas com uma visão empreendedora, inovadora, ética e responsável sobre os negócios do campo.

Por isso, para transformar as boas notícias em uma carreira de sucesso, é preciso investir em um bom curso de Agronegócio.

Concluindo

Graças à expansão do ensino a distância, milhares de brasileiros puderam realizar seus sonhos. Estudar online tem sido uma alternativa para quem precisa conciliar trabalho e estudo, além de economizar.

Para escolher o melhor curso para você, procure uma instituição que tenha tradição e que seja referência no mercado. Verifique também se ela é reconhecida pelo MEC, para que seu diploma seja válido no futuro.

Se você está planejando seu futuro, pode apostar no curso de Agronegócio para garantir um diploma e se dar bem no mercado de trabalho. A graduação é o primeiro passo para você se tornar um bom profissional e construir uma carreira de sucesso.

E aí, tá esperando o que? O EAD da URI é seu passaporte para o mercado de trabalho. Conheça agora o curso de Gestão de Agronegócios da URI e conquiste as melhores oportunidades do mercado de trabalho.

Inscreva-se no nosso Blog

New call-to-action

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT