Dicas

Como se concentrar nos estudos: veja 10 dicas

EAD URI   |    |  9 min de leitura
Saiba mais
Saiba mais

 Tags: Dicas

Como se concentrar nos estudos? Se você é estudante de graduação ou está empenhado para prestar vestibular ou Enem, certamente já enfrentou esse problema.

A falta de concentração na hora do estudo pode dificultar (e muito) o seu desempenho e até a sua memorização dos conteúdos estudados.

Você pode estudar horas, mas terá a impressão de que não absolveu nenhuma matéria.

Existem algumas formas de você aumentar a sua concentração e muitas delas são simples, acredite!

Neste artigo você vai conferir:

Como se concentrar nos estudos: a importância da organização
1. Deixe o celular bem longe na hora do estudo
2. Tenha uma alimentação equilibrada
3. Priorize uma boa noite de sono
4. Faça um cronograma
5. Invista em resumos
6. Monte um cantinho do estudo
7. Crie um ritual antes de começar a estudar
8. Teste diferentes métodos de estudo
9. Respeite suas limitações
10. Lembre-se: uma coisa de cada vez!
Conclusão

Moça em local escuro de frente para uma mesa de estudo com vários livros e cadernos espalhados.

Como se concentrar nos estudos: a importância da organização

Para quem está estudando, seja para ingressar em uma universidade através de vestibulares ou Enem, ou para quem já está cursando graduação ou pós, a organização é uma peça-chave no bom desempenho.

Aliás, a organização pode ser uma facilitadora em diversos aspectos cotidianos da vida, mas nos estudos torna-se ainda mais central.

Ela representa uma economia de energia e de tempo!

Se você está com a cabeça cheia de tarefas a serem feitas e não sabe por onde começar, esse provavelmente será o principal empecilho para a sua concentração na hora de estudar.

Quando você otimiza as demandas do seu dia a dia, consegue ter uma rotina de estudos mais produtiva.

E você não saberá a importância da organização até presenciar os efeitos que uma rotina mais organizada pode gerar. Portanto, invista na organização e verá as diferenças positivas que essa mudança causará.

Agora você deve estar se perguntando: por onde começo? Confira esses passos que colocamos a seguir para ajudá-lo nessa organização.

Defina uma ferramenta: papel ou digital? 📑📱

Como se organizar? Bom, o primeiro passo é escolher onde você fará isso.

Existem muitas possibilidades: você pode recorrer a métodos mais tradicionais, como as agendas de papel ou blocos de anotações, ou mais atuais, como smartphones, tablets ou computadores.

Você pode utilizar aplicativos como o Google Agenda, por exemplo, ou simplesmente planejar o seu mês ou semana e anotar em uma agenda de papel suas atividades diárias.

A vantagem de usar recursos tecnológicos é que você pode ter a sua agenda no celular, carregando todos os seus compromissos com você e podendo consultá-los a qualquer hora ou lugar.

Faça lista das suas tarefas ✍

A principal forma de organizar as suas atividades é listando todas elas e as colocando em ordem de prioridade.

Se você ainda não tem uma rotina bem delimitada, pode, inclusive, incluir as atividades domésticas ou de trabalho, por exemplo, e prever em quais horários você vai se dedicar aos estudos.

Depois de fazer uma lista mais geral, distribua ao longo dos dias e semanas.

Torne a organização um hábito ✅

No início pode ser mais difícil se organizar, talvez até seja um pouco cansativo, mas depois que essa conduta virar um hábito você perceberá a sua vida muito mais ágil, sobrando mais tempo para os estudos.

Ao passo em que você tem maior controle sobre a sua rotina, você otimiza seu tempo e também gasta energia somente com aquilo que é necessário.

Consequentemente, a sua concentração e rendimento durante os estudos aumentam.

Agora que você já entendeu a importância da organização e a sua centralidade na disposição ao aprendizado, separamos 10 dicas de como você pode se concentrar nos estudos. Confira!

1. Deixe o celular bem longe na hora do estudo

Se você, naturalmente, tem dificuldade para se concentrar, é preciso tirar todos os motivos de distração da sua volta, principalmente smartphones e outros dispositivos móveis.

Quem nunca pegou o celular “só para dar uma olhadinha” e, quando percebeu, já haviam se passado horas desde então.

A tentação para acessar as redes sociais ou responder as muitas notificações que piscam na tela a todo instante é difícil de controlar, por isso a melhor escolha é se afastar do celular.

Você pode simplesmente desligá-lo ou então colocar no modo silencioso e levá-lo para outro cômodo da casa, se possível.

Se ele estiver do seu lado o impulso pode ser maior do que a sua vontade ou dedicação em estudar.

2. Tenha uma alimentação equilibrada

Não é bobagem: ter uma alimentação equilibrada pode ajudar você a se concentrar.

Quando você exagera o consumo de alimentos estimulantes, como cafés e chocolates, por exemplo, o seu organismo cria uma espécie de vício e passa a não funcionar sem esses estímulos.

Ao não consumir esses alimentos, o seu corpo passa por curvas metabólicas e acaba ficando sem energia e, consequentemente, mais distraído.

Outro tipo de alimento que pode dificultar sua concentração na hora dos estudos são os ricos em gorduras e açúcares.

Por serem um tipo de comida mais pesada e que necessitam de um maior tempo para digestão, podem fazer você se sentir cansado e mais indisposto para estudar.

Por esses e outros fatores manter uma alimentação equilibrada e rica em frutas, verduras, legumes e grãos podem deixá-lo mais animado e disposto a estudar, auxiliando na concentração.

Existem também alguns alimentos específicos que podem ajudar na concentração, como abacate, peixe, ovos, couve e açafrão.

3. Priorize uma boa noite de sono

Também já está mais que comprovado que os períodos de descanso são um importante fator para a produtividade dos indivíduos, seja em atividades relativas ao trabalho ou ao estudo.

Se você dorme pouco ou dorme mal à noite, ficará mais difícil se concentrar no dia seguinte.

Por isso especialistas recomendam noites de sono entre 6h e 8h, para que o corpo consiga de fato recuperar a energia gasta durante o dia.

Com a necessidade de isolamento social devido a pandemia de covid-19, o aumento do home office e o excesso de telas podem dificultar o sono e até causar insônia.

Uma das dicas para manter o sono em dia é evitar consumo de alimentos estimulantes a noite, dormir e acordar sempre nos mesmos horários e evitar utilizar o celular antes de dormir.

Mulher escrevendo em um papel enquanto olhar o notebook.

4. Faça um cronograma

Elaborar um cronograma de estudos pode ser uma ótima forma de você organizar as suas demandas e focar a atenção nos pontos que realmente precisam da sua atenção.

Existem alguns modelos prontos de cronograma disponíveis na internet, mas você também pode montar a sua própria tabela dividida entre dias e horários em que você pode se dedicar ao estudo.

Liste as atividades ou tópicos que precisam de maior atenção e separe-os conforme as disciplinas.

Para facilitar, você pode inclusive destacar cada disciplina de uma cor diferente, assim você consegue identificar mais facilmente qual atividade é parte de qual matéria.

Também preveja os horários em que você precisará estar disponível para assistir aula, sobretudo se forem ministradas a distância.

5. Invista em resumos

Além de ler os conteúdos e assistir as aulas, você também precisa aprender e incorporar os tópicos, conceitos, teorias e exercícios de cada disciplina.

Umas das formas de fazer isso é revisando a matéria e elaborando resumos com os conceitos chave que você precisa saber.

Só o fato de você escrever algo, seja a mão ou digitando, vai ajudá-lo a memorizar os aspectos necessários da disciplina estudada.

Além disso, para escrever algo e elaborar um pensamento você precisa estar atento, então fazer resumos podem colaborar para a concentração.

6. Monte um cantinho do estudo

Mesmo que você não tenha um espaço físico destinado só para os seus estudos, é importante delimitar um cantinho confortável e tranquilo para você se concentrar.

Defina uma mesa e uma cadeira em um dos cômodos da sua casa que seja bem iluminado e o mais silencioso possível e estabeleça que aquele é o seu cantinho de estudo.

Estudar sempre no mesmo lugar pode condicionar o seu cérebro de que aquele é o local e a hora para você estudar, ajudando na concentração.

Evite estudar deitado em camas ou sofás: com o aconchego você pode acabar dormindo e os planos de estudo vão por água abaixo.

7. Crie um ritual antes de começar a estudar

Como já mencionamos, a rotina é um ponto importante para a organização cotidiana. E você pode criar um ritual específico para avisar o seu corpo que está se preparando para estudar.

Escolha uma atividade que você goste de fazer e que o deixe tranquilo, como, por exemplo, meditar, tomar um banho ou praticar um exercício físico.

Esse ritual vai ajudar você a esvaziar a mente e se concentrar nos estudos, podendo aumentar seu desempenho e aproveitamento nesse processo.

Homem escreve em post-its laranjas e rosas e os cola em um cartaz.

8. Teste diferentes métodos de estudo

Os métodos de estudo são diferentes técnicas utilizadas para facilitar o aprendizado, podendo ter um foco na memorização, foco, concentração ou gestão do tempo.

Alguns dos métodos de estudo mais conhecidos são a Técnica Pomodoro, o Estudo Intercalado e os Mapas Mentais.

A Técnica Pomodoro consiste em uma gestão de tempo: você estabelece 25 minutos para estudar e 15 minutos de descanso e assim sucessivamente até encerrar o seu período de estudo.

Já o Estudo Intercalo é um método que orienta que os alunos estudem disciplinas diferentes intercaladamente. Por exemplo, nas segundas você estuda inglês, nas terças português, nas quartas matemática e assim por diante.

Por fim, os Mapas Mentais são, assim como os resumos, uma das formas de esquematizar os conteúdos estudados para uma melhor absorção.

É uma técnica bastante visual, usa cores e formas, e funciona a partir de ramificações e caminhos que levam um conceito até outro.

O ideal é que você consiga testar esses e outros métodos de estudo para compreender qual funciona melhor para você, no quesito aprendizado e concentração.

Para além dos métodos mais tradicionais, você também pode apostar em aplicativos de estudo, que unem tecnologia à aprendizado.

9. Respeite suas limitações

Uma mente exausta dificilmente vai absorver com qualidade as matérias estudadas. Mais vale investir na qualidade do estudo do que em quantidade de horas destinadas a ele.

Além disso, se você estiver indo além do que o seu corpo e sua mente suportam, não conseguirá se concentrar quando for estudar.

Portanto, não esqueça de estabelecer horas de descanso e períodos para fazer uma atividade física ou algum outro hobby.

10. Lembre-se: uma coisa de cada vez!

Por fim, mas não menos importante, lembre-se que para ter sucesso e conseguir concentrar-se de fato nos estudos você precisa fazer uma coisa de cada vez.

Estude uma disciplina ou um tópico por vez. Além de correr o risco de confundir os conteúdos que está estudando, também pode acabar sem memorizar nada do precisava.

Conclusão

Neste artigo você conferiu a importância da organização para ter qualidade e produtividade em relação ao seu estudo e também 10 dicas de como se concentrar na hora de estudar.

A organização é o principal facilitador nesse sentido, já que ao passo em que você se organiza, fica mais tranquilo em relação as atividades que precisa desenvolver no dia ou semana e, consequentemente, consegue se concentrar melhor em cada uma delas.

A concentração na hora do estudo é primordial para uma boa absorção dos conteúdos, então teste algumas das dicas apresentadas neste artigo e veja o que funciona melhor para você!

Gostou desse conteúdo? Então continue acompanhando o blog EAD URI para ler mais artigos sobre educação e mercado de trabalho.

Inscreva-se no nosso Blog

New call-to-action

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT