<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=2736481836612313&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Pedir aumento para o chefe é uma situação delicada, afinal não é fácil abordar esse assunto e, muitas vezes, tememos em receber um “não”.

Mas, fique tranquilo!

Neste artigo, preparamos algumas dicas de como pedir aumento ao chefe. Para ficar mais simples, separamos três passos para você se basear: pesquisa, ação e pós-ação.

Acompanhe!

Duas mãos que estão apoiadas em uma mesa entre cafés e papéis.

Primeiro passo: pesquisa

A primeira dica e, talvez, a principal delas é: não faça nada de improviso.

Quando você tiver a certeza de que deseja o aumento salarial, inicie um plano de ação, começando pela pesquisa.

Afinal, você vai precisar argumentar como chegou nessa decisão ao seu chefe. Por isso, embase a sua argumentação.

Mas, o que devemos pesquisar?

A faixa salarial para o seu cargo 

Uma das principais dúvidas é o quanto você vai pedir aumento.

Logo, é fundamental que você conheça qual a faixa salarial para o seu cargo.

Faça pesquisas na internet sobre isso. Abaixo, alguns sites onde você pode obter essa informação.

Glassdoor: site em que funcionários e ex-funcionários avaliam anonimamente empresas em geral. Também é possível encontrar vagas para o seu perfil. 

Salário: o portal reúne  estatísticas sobre o mercado de trabalho brasileiro de acordo com dados oficiais do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, eSocial e Empregador Web, que são divulgados pela Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia;

Vagas: o vagas é uma comunidade de recrutamento. No site, é possível acessar o Mapa de Carreiras, serviço gratuito que divulga diversas informações sobre trajetórias profissionais a partir de dados preenchidos pelos usuários;

Educa Mais Brasil: programa destinado a oferecer bolsas de estudo aos estudantes. Um dos serviços oferecidos e consultar a média salarial de cada graduação do país;

LinkedIn: maior rede profissional do mundo, com mais de 645 milhões de usuários em 200 países e territórios. Através dele é possível ficar por dentro de diversas tendências corporativas e, inclusive, acessar vagas de emprego, boa oportunidade para conferir qual salário o mercado está oferecendo.

Ainda recomendamos que você faça a boa e velha pesquisa geral do Google, identificando informações que interessantes para você. O importante é sempre consultar mais de uma fonte para checar os dados.

O momento atual da empresa

Saber como a empresa em que você trabalha está financeiramente no mercado em que atua, também faz parte da pesquisa que você deve fazer antes de solicitar aumento.

Leia notícias, avalie se há uma redação de custos ou converse com outros colegas.

Há momentos específicos em que pedir aumento pode ser mais difícil (porém, não impossível) 

A pandemia da Covid-19 afetou muitos setores. Uma pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Economia e Estatística) apontou que, para 32,9 % das empresas entrevistadas, houve uma diminuição nos serviços e produtos comercializados durante o período. 

Em contrapartida, surgiram novas demandas que aqueceram o mercado. Empresas de tecnologia, por exemplo, tiveram uma alta de contratações

Aqui, sugerimos muita análise e bom senso para definir se é o momento certo ou não.

“Conhece-te a ti mesmo”

Com certeza, você já deve ter ouvido que o autoconhecimento é uma ferramenta muito importante para qualquer área da vida, não é mesmo?

Em assuntos de trabalho, é uma necessidade.

Você precisa refletir e ter clareza sobre os seus valores e atribuições no momento em que for conversar com o seu chefe. É crucial que você saiba definir suas competências pessoais e as realizações feitas pela empresa durante sua trajetória.

Por exemplo: Minhas principais competências são o empreendedorismo e a comunicação, pois gosto de propor inovações ao setor e, por isso, conto com o apoio da equipe, impulsionando estratégias de comunicação interna.

Nos últimos meses, coordenei um projeto de marketing que aumentou em 70% as vendas do produto X.

Perceba que, ao definir uma realização utilizamos uma porcentagem. E aí fica mais uma dica: sempre que possível, dê valor aos seus resultados, quantificando eles. Isso ajuda a comprovar e a chamar mais a atenção para o feito.

Caso prefira, faça um documento com gráficos e tabelas reunindo esses resultados.

Duas mulheres conversando em uma reunião. O ambiente é corporativo.

Segundo passo: ação

Depois que você chegou a conclusão de que deseja pedir um aumento e muniu-se com diversas informações para justificar o seu pedido, chegou a hora de agir.

O mais recomendado é que você converse pessoalmente com o seu chefe, porém, não faça isso apressadamente. Há formas de abordagem que podem garantir uma conversa mais agradável.

Marque uma reunião

Por mais que você tenha uma boa relação com o seu chefe, saiba “separar” conversas informais de assuntos de trabalho, que devem ser mais formais.

Assim, sugerimos que, para conversar sobre seu aumento de salário, você marque uma reunião.

Mas não saia marcando de qualquer jeito. Tenha uma estratégia de dias e horários. Normalmente, no começo e no final da semana o seu chefe está ocupado com muitas demandas. Saber reconhecer isso, inclusive, é uma forma de empatia.

Procure períodos de mais tranquilidade. Ainda, dê preferência para fazer o convite por e-mail. Assim, você não estará sendo invasivo.

No texto, seja cordial e informe previamente que o assunto da reunião é sobre a sua remuneração.

A reunião deve ser somente entre você e o seu gerente. Não converse com ele no corredor da empresa ou no refeitório, por exemplo, onde tem a presença de outras pessoas.

Reunião

O chefe aceitou a reunião e chegou o grande dia. É impossível que o nervosismo não apareça, não é mesmo?

Porém, procure ficar calmo e ter em mente de que você se preparou para o momento.

Antes de tudo, seja cordial e agradeça a oportunidade de conversar. Durante o processo, mostre confiança, afinal, você é a pessoa mais experiente para falar sobre as suas próprias realizações.

E somente as suas realizações devem ser pautadas, ok?

Não fale a respeito do salário dos colegas e não se compare com ninguém. Isso pode não soar bem.

Mão com marca-texto fazendo anotações em papéis.

Terceiro passo: Pós-Ação

Depois de fazer a reunião, aguarde a resposta do seu chefe. Certamente, ela não será dada de forma instantânea, pois ele precisa discutir com outras lideranças a respeito. Inclusive, no encerramento, você pode pedir uma previsão de retorno.

É importante que você tenha paciência para aguardar, evite pressionar ou dar ultimatos.

Não tenha medo de ouvir “não”

Caso você não obtenha o seu tão sonhado "sim", não desanime.

Tenha consciência de que, muitas vezes, aquele não era o momento oportuno. Logo, isso não significa que o seu trabalho é ruim. A experiência de preparação, com certeza, trouxe muitos aprendizados.

Se, por outro lado, você conseguiu o seu tão sonhado “sim” é oportunidade de colocar a “mão na massa” para dar continuidade aos seus projetos.

Aproveite, ainda, para se desenvolver profissionalmente. Essa dica, inclusive, vale para qualquer etapa da vida.

Há diversas opções para o seu desenvolvimento profissional, desde cursos livres até uma pós-graduação.

Uma boa opção para quem trabalha é escolher algo na modalidade a distância. Além das mensalidades serem mais baratas, o EAD traz flexibilidade para você estudar onde e quando quiser.

Conclusão

Neste artigo, revisamos três passos sobre como pedir um aumento para o seu chefe e, assim, ouvir o seu sonhado “sim!”

Primeiro, você precisa de muita pesquisa. Conheça a faixa salarial para sua posição e reúne argumentos favoráveis sobre a sua trajetória profissional.

Em segundo lugar, faça uma reunião com o seu chefe e exponha os seus resultados.

Por último, aguarde pacientemente a resposta. Independente do resultado, nunca se esqueça de aprimorar os seus conhecimentos através de qualificação profissional.

Gostou do conteúdo? Então, aproveite para se inscrever no nosso blog e conferir, em primeira mão, novos artigos do EAD URI.

Inscreva-se no nosso Blog

New call-to-action

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT